Blog Escola Electra

REALIDADE DO CURSO PROFISSIONALIZANTE NO PAÍS

Escrito por Márcio Cardia on 05-06-2017 14:58

É motivador perceber que a Educação Profissional é a etapa da educação básica que mais matrículas teve em relação ao total no período entre 2000 e 2015 nas instituições privadas. Este fato tem que ser analisado com seriedade considerando a necessidade do país alavancar para a empregabilidade. A forma subsequente (*) recebeu no ensino privado a maior procura dos que querem se aprimorar. A maioria das pessoas que possuem apenas ensino médio, acabam ficando fora do mercado de trabalho por não estarem qualificados e necessitam se profissionalizar para permanecerem no emprego ou ter acesso ao a ele. Por sua vez as industrias, empresas, comércio, neste momento de tantas turbulências, buscam novos profissionais que já estejam com conhecimento especializado, ou seja, um Curso Técnico, um Curso Profissionalizante.

Das mais de 800.000 matrículas feitas no período acima, 45% coube ao Ensino Privado. Os dados são muito claros ao mostrar que a região sudeste detém a maioria dos matriculados na Educação Profissional. A escolha pelo Ensino profissionalizante se dá pela oportunidade de ingresso no Mercado de Trabalho num espaço de tempo curto, enquanto na graduação o investimento se dá em 3, 4 ou mais anos. Vale a pena esperar tanto tempo?

(*)subsequente- Modalidade de Estudo para aqueles que tenham concluído o Ensino Médio

Referência bibliográfica: Números do Ensino Privado-Quarta Edição- FGV IBRE
Márcio Cardia

Escrito por Márcio Cardia

Topics: Educação, Ensino Médio Técnico, Profissionalizante, Técnico

Guia_do_vestibular
   

Posts Mais Lidos

Siga nosso blog!