Blog Escola Electra

Mercado de trabalho para o técnico em eletrotécnica

Escrito por Escola Electra on 20-01-2018 9:00

As carreiras técnicas estão em alta, mesmo em cenários de crise. Segundo pesquisa do Serviço Nacional de Aprendizagem, a empregabilidade de um profissional que tem a formação técnica chega a 70%. São sete, em cada dez formados, com emprego garantido em até um ano de formatura. O mercado de trabalho para o técnico em Eletrotécnica não não foge à regra, garantindo vaga e bons salários aos que estão ingressando na carreira.

Para os interessado, existem boas opções de curso técnico em Eletrotécnica no Rio de Janeiro. Deseja saber mais sobre essa profissão? Reunimos neste artigo, algumas informações sobre a carreira de técnico. Acompanhe!

curso tecnico.jpg

O profissional

O técnico em Eletrotécnica é aquele que possui diploma de nível médio e técnico, além de registro no Conselho Regional de Engenharia e Agronomia.

Com esses documentos, o profissional exerce atividades, principalmente, na área industrial, podendo atuar na manutenção de instalações e equipamentos elétricos, na automação (coordenando máquinas que automatizam tarefas na indústria) e na projeção de sistemas elétricos.

A profissão

Algumas atividades são comuns aos profissionais de nível superior, embora o técnico em Eletrotécnica apenas possa projetar e dirigir instalações elétricas de baixa potência. As de potências maiores são de responsabilidade dos engenheiros.

São atividades próprias da profissão: a elaboração de diagramas de máquinas, como os motores, a medição de grandezas elétricas e o desenho de instalações prediais.

O salário do técnico em Eletrotécnica

Um profissional iniciando a carreira pode ganhar de R$ 1721.38 a R$ 2478.8, dependendo do porte da empresa. A média salarial de um profissional com curso técnico em Eletrotécnica, no Rio de Janeiro, é de R$ 2.000.

Os locais que pagam melhor aos técnicos são as indústrias, seguidas dos ramos de engenharia e das prestadoras de serviço (como as concessionárias de energia).

As exigências do mercado de trabalho para o técnico em Eletrotécnica

Iniciada a carreira de técnico, nada de parar por aí! O profissional de Eletrotécnica deve estar sempre atualizado com as novas tecnologias e as legislações de segurança usadas no dia a dia de sua profissão.

Por isso, o mercado valoriza profissionais com cursos de aperfeiçoamento, além da formação inicial. São exemplos desses o curso o de NR-10, uma norma de segurança para trabalhadores que lidam com eletricidade, e o de Linha Viva, que permite que o profissional trabalhe em redes eletrizadas.

Os rumos da carreira

A facilidade com que o profissional de Eletrotécnica ingressa no mercado de trabalho abre portas que serão bem aproveitadas com ainda mais estudo e dedicação. Para o eletrotécnico, existe a possibilidade de ingressar, após adquirir certa experiência, em um curso superior. Com o salário de técnico, ele poderá investir na carreira de engenheiro eletricista, eletrônico ou de automação, com a segurança de já ter uma profissão.

O mercado de trabalho para o técnico em Eletrotécnica reserva ótimas chances de desenvolver uma carreira de sucesso. A possibilidade de cursar a modalidade de ensino junto com o Ensino Médio possibilita uma inserção ainda mais rápida no mercado, o que é uma ótima notícia para o jovem profissional.

Ainda tem dúvidas sobre a carreira de eletrotécnico, ou quer saber mais sobre esse curso técnico? Deixe-nos um comentário que responderemos sua questão!

Clique aqui e faça agora o download do seu e-book!

Escola Electra

Escrito por Escola Electra

Topics: Eletrotécnica

Guia_do_vestibular
   

Posts Mais Lidos

Siga nosso blog!